Quais os Cuidados com o Concreto?

Quais os Cuidados com o Concreto?

Algumas exigências e cuidados na aplicação garantem que o concreto não sofra consequências desagradáveis no futuro.

Algumas obras realizadas com a utilização de concreto armado ou protendido estão muitas vezes expostas a ambientes agressivos. O desempenho e a durabilidade do concreto armado podem ser negativamente influenciados por fatores como ataques por sulfatos e ácidos, e pela exposição a ambientes marinhos (cloretos).

A corrosão de armaduras, o surgimento de etringita secundária e a carbonatação são algumas das principais manifestações patológicas que podem ocorrer quando existe a exposição à agentes e ambientes agressivos. Por isso, a utilização de um concreto especial se faz extremamente necessária para garantir a vida útil da edificação em meio a tais exposições, intempéries e a ação do tempo.

Uma edificação é formada pela junção de alguns sistemas. São eles: estrutura, vedações, pisos, instalação e cobertura. No caso das estruturas em concreto expostas a ambientes agressivos é importante que seja realizada uma dosagem de concreto atendendo algumas especificações mínimas, de acordo com os parâmetros estabelecidos pelas normas ABNT NBR 6118:2014 e ABNT NBR 12655:2015. Além disso, a utilização de aditivos redutores de água, cristalizantes e adições minerais também auxiliam no refinamento dos poros, reduzindo consequentemente a permeabilidade do concreto, e mecanismos de deterioração da estrutura.

Para a professora Andreia Azeredo Nince, do curso de Engenharia Civil do Instituto Mauá de Tecnologia, o concreto deve apresentar algumas características que garantam a sua eficácia. “Precisa ser um concreto de alto desempenho, com baixíssima porosidade, confeccionado com adições minerais e cimento específico para a agressividade do ambiente”.

 

Cuidados na execução:

– Fundamental ensaiar o traço em laboratório antes de aplicá-lo em obra;

– Durante a execução é importante concretar o elemento estrutural de forma ininterrupta para evitar juntas de concretagem;

– É de suma importância realizar a cura do concreto para evitar a evaporação precoce da água do traço;

– É sempre bom evitar concretagens em dias muito quentes (≥ 35ºC), com baixa umidade (≤ 50%) e com muito vento (≥ 30 m/s).

Ainda, de acordo com a professora de engenharia, algumas exigências e cuidados na aplicação garantem que o concreto não apresente consequências desagradáveis no futuro. “Caso o concreto não atenda as exigências e especificações, ele apresentará os sintomas das manifestações patológicas típicas do ambiente em que a estrutura está inserida (corrosão de armaduras, ataques ácidos, reação álcali-agregado, lixiviação, desgaste superficial por abrasão ou erosão)”, alerta. Sua aplicação é regida pela norma NBR 6118:2014 – Estruturas de Concreto Armado – Procedimento, que estabelece os requisitos básicos exigíveis para o projeto de estruturas de concreto simples, armado e protendido, excluídas aquelas em que se empregam concreto leve, pesado ou outros especiais.

Assim como a dosagem do concreto, a escolha do cimento ideal de acordo com o ambiente de aplicação também é importante para que seja assegurada a durabilidade da estrutura. Cimentos com adições minerais como CPIII e CPIV, e cimentos RS são comumente utilizados em estruturas susceptíveis ao surgimento de manifestações patológicas em função de ambientes nocivos. No entanto, deve ser avaliado o tipo de exposição para que seja aplicado o produto mais eficiente na conservação da edificação.

Fonte

No Comments

Post a Comment